Uma dor de cabeça chamada menstruação

Publicado em 27/04/2022

 Sintomas

Como se não bastasse sentir cólicas, cansaço e irritabilidade, as mulheres também sofrem com a dor de cabeça durante a menstruação. O sintoma pode aparecer por duas razões: alterações hormonais e mudanças de humor.1,2

Alteração hormonal

O estrogênio e a progesterona são os hormônios responsáveis por todo o ciclo menstrual. Seus níveis mantêm-se elevados por todo mês, mas caem no período da menstruação. A queda dos níveis de estrogênio que acontece nessa fase provoca a diminuição da serotonina no organismo, hormônio responsável pelo bem-estar. Quando produzido em pequenas quantidades, causa a dilatação dos vasos sanguíneos, o que provoca a dor de cabeça.1,2

Essa cefaleia é conhecida como Migrânea Menstrual, justamente por estar associada a esse período do ciclo. Manifesta-se por meio de dor moderada em forma de pressão, aparecendo de maneira mais intensa dois dias antes da menstruação e podendo permanecer até seu fim.1

Como evitar?

É comum que mulheres recorram ao uso de anticoncepcional para diminuir não somente a dor de cabeça, mas também os outros sintomas que aparecem durante a menstruação. O acompanhamento de um ginecologista é essencial na tomada dessa decisão, uma vez que anticoncepcionais também podem ser gatilhos da cefaleia.1

Fora a medicação, algumas ações podem te ajudar no alívio dessa dor de cabeça, como, por exemplo, evitar locais barulhentos ou muito iluminados, já que eles podem piorar o desconforto sentido. Compressas frias também são ótimas aliadas por causarem a contração dos vasos sanguíneos, aliviando o sintoma.1,2

Mudanças de humor

O período menstrual provoca, entre outros sintomas, a mudança repentina de humor nas mulheres, deixando-as mais sensíveis e irritadas. Deste modo, é possível que, mesmo acontecendo em menor proporção, a dor de cabeça sentida seja causada pelo estresse.1,2

A Cefaleia Tensional na menstruação pode ser responsável pela dor de cabeça, já que provoca o aumento do nível de adrenalina no sangue. Esse hormônio em excesso acarreta no aumento da pressão arterial, o que ocasiona a contração muscular, gerando a dor de cabeça.2,3

Como evitar?

O combate à Cefaleia Tensional é mais simples do que a Migrânea Menstrual. Isso se deve ao fato de atitudes simples serem suficientes para evitar seu surgimento. Praticar yoga e meditação são exemplos disso. Ajudam a aliviar a tensão e manter o corpo ativo, evitando o retorno da dor de cabeça.3,4

Mulheres, não deixem a menstruação ser mais uma dor de cabeça. Cuidem-se durante todo o ciclo para evitar cólicas e dores no corpo. Alimentação e exercícios físicos podem fazer a diferença. Caso as dores persistam mesmo tomando os cuidados necessários, entre em contato com seu ginecologista para decidir o melhor tratamento para a sua dor de cabeça.


Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você